Calvície – Por Cris Dios

A alopécia, popularmente conhecida como calvície, é um processo fisiológico que gera a queda ou perda prematura do cabelo que pode apresentar  diminuição, e  rareamento, em uma região, ou regiões, específica, a falta de cabelo sem que se produza uma renovação do mesmo.

É mais notável no couro cabeludo, ainda que possa apresentar-se em qualquer parte do corpo  que cresça cabelo, atingindo tanto homens, quanto mulheres.

As causas que podem gerar a perda de cabelo são várias, ainda que as mais comuns sejam a idade e a pré-disposição genética a tal condição. É importante citar algumas outras causas, muito importantes, porém, menos frequentes, sendo elas:

Causas genéticas: Muitas vezes a alopécia é provocada pela herança dos progenitores; sendo que neste caso, o processo é irreversível. Fatores como a falta de sono, e/ou stress emocional, aceleram o processo. Também existe alopécia genética, bastante peculiar, sendo esse o caso em que a pessoa nasce sem cabelo.

Problemas hormonais: com níveis elevados de testosterona, o mal funcionamento da tireóides, os ovários, a hipófise e as glândulas suprarrenais provocam também a queda do cabelo.

Problemas alimentares: A desnutrição, a falta de vitaminas, as anemias e problemas de absorção de nutrientes e doenças como a anorexia, afetam diretamente o desenvolvimento do cabelo. Assim, uma deficiência de proteínas ou de gorduras, característica própria de indivíduos que seguem rigorosas dietas de emagrecimento, pode conduzir ao mesmo resultado.

Produtos químicos e farmacológicos: O uso de determinados produtos químicos como a quimioterapia, empregada nos tratamentos contra o cancêr, e a ingestão de certos medicamentos como por exemplo os bloqueadores beta (β-bloqueadores), indicados para a insuficiência cardíaca, pode provocar a perda do cabelo. Alguns antidepressivos também produzem os mesmos efeitos.

Causas psicológicas: Em muitos casos, as situações de angústia pessoal, os estados emocionais desagradáveis e o stress físico ou psíquico agudo provocado por diferentes motivos como a febre, hemorragias, pós-parto, etc. são fatores percursores da alopécia.

Os tipos de alopécias são:

Alopécia Areata: apresenta-se como um círculo redondo de falta de cabelos e, normalmente, é um tipo de queda de cabelo muito relacionada com situações de estress. Afeta por igual a homens e mulheres e pode aparecer a qualquer idade.

Alopécia Androgenética: é hereditária e afeta principalmente aos homens, mas também a algumas mulheres. Costumam aparecer em jovens (adolescência ou juventude), ainda que também pode atrasar-se e aparecer tardiamente. Sua causa é uma miniaturização dos folículos pilosebáceos em algumas zonas do couro cabeludo, que gradualmente vão passando de ser fios terminais a ser pelos, para por último termo desaparecer por completo.

Alopécia Difusa (Eflúvio Telogénico Crónico):É a perda aguda e progressiva do cabelo após doenças crónicas ou febris, estress emocional, parto no caso das mulheres.

Alopécia Seborréica: A glândula sebácea é a encarregada de produzir o sebo (ou gordura) que, junto com a água procedente das glândulas sudoríparas, cria a capa de pele que cobre e protege o couro cabeludo. Algumas vezes, se dá a circunstância de que estas glândulas aumentam sua produção mais do normal, o que gera um excesso de gordura que se traduz em um aspecto gorduroso e opaco do cabelo, o qual fica sem força nem volume.

Alopécia Cicatrizal:costuma ser irreversível na maioria dos casos. Deve-se alguma má formação ou ruptura total da estrutura folicular.

Por muitos anos a calvície foi um motivo de tristeza para homens e mulheres, mas parece que existe ‘luz no fim do túnel” duas grandes empresas pesquisadoras anunciaram que até 2018 terá a cura para a calvície .

Nesse método, se utiliza células tronco do próprio paciente que é implantado e se diferencia em células foliculares que produzirão fios fortes e saudáveis, assim como mostra a ilustração abaixo.

Vamos aguardar ansiosamente, mas enquanto isso, tenha bons hábitos, boa alimentação, pratique esporte e invista em momentos de bem estar

Beijos Cris Dios ( Hair especialista e Cosmetóloga)

www.lacesandhair.com.br

@lacesandhair

@crisdioslaces

Fonte: www.saudeplena.com.br