Posts

Bordado Capilar

A técnica que remove as pontas duplas sem cortar
Por Fernanda La Salye – Blog Pimento F

 

 Antes de começar o post queria dizer que ele não é um publieditorial, ou seja, eu não fui paga para dar essa informação, apenas quis compartilhar a novidade com os meus leitores.

 

Quando uma mulher resolve deixar o cabelo crescer, especialmente as que tem um crescimento bem lento, tudo o que elas nao querem ouvir é que precisam cortar as pontinhas. O problema é que o cabelo vai perdendo força e isso resulta em indesajáveis pontas duplas.

Pensando nisso, a Cris Dios do salao Laces and Hair desenvolveu a técnica que se chama Bordado Capilar, que remove as pontas duplas sem alterar o cumprimento dos fios. A técnica tem feito tanto sucesso que o salao já recebeu até a visita de Rita Ora quando esteve no Brasil.

A Hair Stylist e Cosmetóloga com mais de 20 anos de experiência, é grande conhecedora da fisiologia do cabelo, sempre buscando práticas de tratamento com base em recursos naturais aliados a alta tecnologia. Todos os produtos e serviços oferecidos no salao sao diferenciados. Inclusive, a Cris desenvolveu a sua própria linha de tratamento.

Como funciona o Bordado Capilar?

bordado

Parece sensacional né? O corte que não corta nada (demais isso) é feito com uma tesoura especial que sela a cutícula das madeixas. Ele também é ideal para os cabelos que passam por processos térmicos como secadores, chapinhas e babyliss, ou seja, pra todo mundo. Mas a Cris deixa bem claro em suas entrevistas que é preciso entender caso a caso do porque surgem as pontas duplas e afirma que se a cliente não cuidar devidamente, elas voltam.

Algumas fotos de quem já fez o bordado:

cabelo3 cabelo2 cabelo1

 

Demais né? Fiquei com vontade de conhecer todos os serviços. O Laces and Hair fica em São Paulo e possui duas unidades: uma no Morumbi e outra nos Jardins. Para saber todos os produtos e serviços oferecidos, preços e etc, é só acessar o site e entrar em contato com a equipe por lá mesmo.

O que acharam?

Confira o post orginal no Blog Pimento F