Cabelo e sua importância

O Cabelo e sua importância

Cabelo e sua importância

O cabelo não é apenas um adorno da imagem, um símbolo de sensualidade, ou uma expressão de estilo. O cabelo tem conexão mais profunda do que podemos imaginar. Nesta série de posts vamos trazer um pouco mais da consciência do que sabemos e pensamos sobre a saúde dos cabelos para que a sua beleza seja uma consequência.

O cabelo, ou melhor, o folículo piloso, tem a mesma origem embrionária que nossos órgãos sensoriais. Não é por acaso que ele está imerso nas camadas da nossa pele. O bulbo capilar (base viva e responsável por todo processo de vitalidade do fio) tem inúmeras funções, que vão desde a produção de hormônios, melatonina (maior antioxidante do corpo), até a produção de fios saudáveis que vão proteger nosso couro cabeludo e embelezar nosso visual.

O cabelo é resultado de uma cadeia de muitas reações do organismo, que, com sua inteligência emocional e vital, está ligado a um termômetro eficientíssimo da nossa saúde corporal.

O folículo piloso tem que estar em total equilíbrio para produzir um cabelo com sua cor natural, densidade e espessura. O cabelo se nutre do equilíbrio de nutrientes do corpo. Ou seja, quando o nosso corpo está em desequilíbrio, ele condiciona os seus esforços para os órgãos que vão manter a vida. Repare que os cabelos de repente começam a cair, a quebrar, mudar de cor, o couro cabeludo começa a ter coceiras, dermatite seborreica e até alopécias. Devemos aprender que o cabelo é o “nosso jardim” que nos conta, se conseguirmos prestar atenção, como está a saúde do nosso corpo. O cabelo se nutre do equilíbrio de minerais, vitaminas, proteínas, equilíbrio hídrico, equilíbrio hormonal, microbioma intestinal e local (couro cabeludo), suprarrenais, ou seja, a saúde como um todo.

Medicamentos, cirurgias e determinados tratamentos podem desequilibrar esta sinfonia perfeita e, muitas vezes, o primeiro sinal vem nos cabelos.

Fomos ensinados que os cabelos são células mortas (eu nunca gostei deste termo e até hoje não considero isso uma verdade absoluta) e queratinizadas e por isso nunca damos tanta importância quando ele se comunica conosco. Mas sabemos o quanto ele está conectado ao nosso bem-estar e autoestima . Estudos atuais mostram o quanto os cabelos nos contam sobre nós e nossa saúde.

Se correlacionarmos essa nossa “plantinha”, o nosso cabelo, como um ser vivo e que precisa de cuidado e carinho vamos olhar para ele todos os dias com outros olhos, e pensar melhor em tudo que fazemos e expomos no nosso jardim. Pensem nisso!