BEM-QUERER MULHER

Desde 2015 o Laces contribui com a ONG Bem-Querer Mulher, um movimento pela não violência à mulher, que existe desde 2004, com o apoio da ONU Mulheres.

O Movimento ajuda a reduzir os índices de violência contra a mulher no Brasil, por meio da conscientização e mobilização da sociedade, através da capacitação e do fortalecimento de lideranças e organizações sociais locais com atendimento, com suporte às mulheres vítimas. Faz parte do acompanhamento da ONG o apoio psicológico e jurídico, durante todo o processo, até a conclusão dos casos.

O Laces contribui com o Bem-Querer Mulher financeiramente e também atendendo, em suas unidades, algumas mulheres que precisam de ajuda para recuperar sua autoestima.

Para maiores informações sobre o movimento, acesse o site www.bemquerermulher.org.br.

João Santos, idealizador do Movimento Bem Querer Mulher, e Cris Dios, em evento de comemoração dos 10 anos do Movimento Bem Querer Mulher, onde Ana Maria Braga assumiu como embaixadora da ONG.

BALLET DE PARAISÓPOLIS

O Laces apoia iniciativas culturais de comunidades carentes, como o Ballet de Paraisópolis, instituição fundada em 2012 pela bailarina Monica Tarragó, que oferece aulas de ballet clássico e dança contemporâneo. A ONG visa a formação de bailarinos a moradores da comunidade, que atendam a demandas de arte e cultura nacional e internacional. O Laces contribui para que os bailarinos possam seguir seus sonhos e se aprofundar nesta carreira.
Mensalmente recebemos os 22 bailarinos do grupo para tratar e cuidar do cabelo em nossas unidades.

Xingu

O Laces apoia a aldeia Kamayura, no Alto Xingú, com a doação de mais de 100 luminárias fotovoltaica para trazer luz noturna a aldeia, após ataques de onça pintada aos moradores da comunidade.
Além disso, o Grupo também apoiou projetos que ajudam no investimento do artesanato local.